Parcerias e Associados

Comfor Sudoe Logo

De modo a atingir os seus principais objetivos, o projeto COMFOR-SUDOE criará uma Rede Experimental Conjunta de Florestas Complexas, que reunirá a investigação sobre este tipo de sistemas florestais no Sudoeste da Europa, propondo sítios-piloto onde serão testados métodos de conversão, plantações mistas e marteloscópios. A Rede de Especialização Inteligente Florestal Complexa do SUDOE será um fórum onde a ciência, a gestão e a política se reunirão para desenvolver o Livro Branco sobre a estratégia de especialização inteligente que visa a promoção, conservação e utilização sustentável das florestas complexas no Sudoeste da Europa.

A parceria COMFOR-SUDOE integra um grande painel de colaboradores com competências e conhecimentos complementares no Sudoeste da Europa.

PARCERIAS

csic mncn logo
Universidad de Oviedo Logo
Logo Ecoacsa

CSIC-MNCN

Dependente do Conselho Nacional de Investigação espanhol, o Museu Nacional de Ciências Naturais (MNCN-CSIC) é um dos institutos de investigação científica mais importantes do país no campo das ciências naturais. Com mais de 70 investigadores em áreas que vão da paleobiologia e geologia à ecologia e alterações climáticas, incluindo a biologia ambiental e a biodiversidade.

O seu objetivo é transmitir à sociedade o conhecimento gerado pelos seus investigadores. Para o efeito, possui profissionais altamente qualificados dedicados às coleções científicas e exposições de arte alojadas no Museu, permitindo assim, que o público visitante beneficie de um acompanhamento competente capaz de explicar as descobertas científicas expostas.. Os visitantes  desfrutam o seu tempo aprendendo sobre o nosso planeta e como ele mudou, bem como, sobre a tremenda diversidade que abrigou, desde a origem da vida até aos dias de hoje.

 

Universidade de Oviedo

A Universidade de Oviedo foi fundada no início do século XVII. A instituição tem grande prestígio nos campos da educação e investigação, tendo sido, uma das primeiras nove Universidades espanholas a obter o selo de qualidade Campus de Excelência Internacional. O compromisso da Universidade com a proteção do ambiente e dos recursos naturais é inegável.  Esta preocupação reflete-se, no importante número de investigadores neste campo e na existência de centros associados, tais como a Unidade de Investigação Biodiversidade (formada por investigadores da Universidade de Oviedo, o Conselho Nacional de Investigação Espanhol (CSIC), e o Principado das Astúrias), que se baseiam no estudo do ambiente e da forma como as ações humanas afetam o desenvolvimento dos seus processos e serviços essenciais.

ECOACSA

Trata-se de uma PME espanhola, localizada em Madrid, que opera à escala nacional e internacional, e cujo objetivo é criar valor através do capital natural. Promove projetos que visam facilitar a integração da sustentabilidade ambiental e a conservação do capital natural das empresas e organizações, com o objetivo de aumentar a sua eficiência e eficácia, bem como de melhorar o seu impacto social e ambiental. A missão de Ecoacsa é ajudar as empresas e organizações a compreender melhor a sua relação com a natureza, encorajando a integração do capital natural nas suas tomadas de decisão, ajudando-as assim na sua transição para a sustentabilidade.

Institut Europeen de la Forêt Cultivée Logo
Logo ISA

IEFC

O Instituto Europeu de Florestas Plantadas (IEFC) é uma rede de proprietários florestais, profissionais, investigadores e educadores. Tem como principal objetivo a cocordenação entre as várias partes usando uma abordagem ascendente da resolução de problemas apresentados pelos proprietários florestais/praticantes. Visa  promover, facilitar e melhorar, através da investigação, do trabalho em rede, e da comunicação, a sustentabilidade futura das Florestas Plantadas na Europa.

O IEFC facilita a cooperação científica e técnica transnacional através da coordenação do planeamento e implementação de projetos de investigação e desenvolvimento em colaboração. Promove ainda a partilha de experiências e competências entre os seus membros e, mais amplamente, com atores envolvidos na gestão e utilização sustentável das florestas plantadas.

ISA-DRAT

É um instituto de ensino e investigação no qual se integram dois centros de investigação dedicados à floresta:  o Centro de Estudos Florestais (CEF) e o Centro de Ecologia Aplicada Baeta Neves (CEABN). Os principais interesses de investigação de ambos os centros focam as temáticas da gestão florestal sustentável e adaptativa das florestas, valoração dos serviços do ecossistema, na avaliação dos riscos bióticos e abióticos e seus impactos, na modelação do crescimento e na integração destes modelos e dos riscos em ferramentas de apoio à decisão.

Universidade de Valladolid

A Universidade de Valladolid é um dos principais centros de ensino superior em Espanha. Conta atualmente com mais de 23.000estudantes inscritos e está envolvida em numerosas redes de relações internacionais e centros de investigação. É também uma das mais antigas universidades públicas do país e da Europa, tendo sido fundada em finais do século XIII. Desde então, a UVa adaptou-se aos tempos para se tornar uma instituição sólida e prestigiosa no campo das humanidades, das ciências sociais, da saúde, das ciências físicas naturais,da engenharia e do espanhol como língua estrangeira.

 

Agresta Logo
Logo Itagra

AGRESTA

Trata-se de uma equipa multidisciplinar e interterritorial composta por mais de 50 profissionais com experiência na gestão florestal e na aplicação e desenvolvimento de novas tecnologias. Os seus principais produtos e serviços são: gestão de recursos florestais, consultoria em carbono florestal, teledeteção e tecnologia LiDAR, engenharia do ambiente natural, avaliações ambientais, sistemas de informação geográfica & GPS, aplicações e formação baseadas na web e móveis. Trabalham para melhorar as áreas florestais, fazendo uso da inovação e pondo em prática os valores do modelo cooperativo.

INRAE

Com uma equipa de 120 professores, investigadores e técnicos, o programa de investigação da Unidade Comum de Investigação para a Biodiversidade, Genes e Comunidades (BIOGECO – INRAE) está orientado para a análise dos mecanismos que regem a evolução da diversidade biológica a diferentes níveis hierárquicos (genes, populações, espécies, comunidades). A investigação visa promover uma análise mais integrada da diversidade biológica e da gestão dos riscos, considerando as interações entre espécies, populações e indivíduos, a diferentes escalas espaciais (local, paisagística, continental). Centra-se na interação entre espécies arbóreas (principalmente pinheiros e carvalhos), os seus fungos patogénicos, insetos, plantas herbáceas, e potencialmente todos os organismos que interagem com elas (por exemplo, microrganismos). O objetivo é analisar a biodiversidade – relações de funcionamento dos ecossistemas florestais – para identificar soluções baseadas na natureza para a gestão sustentável das florestas secundárias e plantadas. Os investigadores também analisam os impactos de múltiplos riscos bióticos e abióticos nos ecossistemas florestais, em particular riscos naturais como tempestades, incêndios e surtos de pragas.

Centro Tecnológico Agrario y Agroalimentario Itagra.CT

A ITAGRA.CT é associação privada sem fins lucrativos criada em 2000.

O âmbito do seu trabalho é o sector agrícola, considerado de diferentes pontos de vista: agrícola e pecuário, ambiental, florestal e da indústria agroalimentar.

O Centro visa apoiar as empresas na melhoria da sua competitividade através de uma cultura de inovação, facilitando canais para otimizar os seus benefícios e reduzir os custos através de soluções tecnológicas.

ASSOCIADOS

Logo Gobierno de la Rioja
Logo Parques Nacionales Cabaneros

Dirección de la Biodiversidad Gobierno de la Rioja

A Direção Geral da Biodiversidade do Governo de La Rioja é a administração pública responsável pela gestão dos recursos naturais da Comunidade Autónoma de La Rioja. Esta gestão abrange aspetos como a conservação de áreas e espécies protegidas, gestão florestal sustentável dos usos e recursos dos ecossistemas florestais (madeira, lenha, pastagem, caça, uso recreativo, etc.), incêndios florestais, pesca fluvial, gestão do uso público e educação ambiental, entre outros. Tudo isto aplicando políticas florestais e ambientais derivadas de compromissos europeus, nacionais e regionais, em conformidade com o planeamento e legislação correspondentes.

Parque Nacional de Cabaneros

O Parque Nacional Cabañeros está localizado em Montes de Toledo, Castilla-La Mancha, a noroeste da província de Ciudad Real e a sudoeste de Toledo. É delimitado a leste pelo rio Bullaque e a oeste pelo rio Estena, ambos afluentes do rio Guadiana, e cobre os maciços de El Chorito e Rocigalgo.

Faz parte da Rede Espanhola de Parques Nacionais, sendo esta uma selecção dos melhores exemplos do património natural espanhol. Cabañeros, juntamente com Tablas de Daimiel, são os dois Parques Nacionais da região de Castilla-La Mancha, fazendo assim ambos parte da rede de áreas naturais protegidas desta região. Mais especificamente, o Parque Nacional de Cabañeros, foi criado em 1995 para proteger uma das amostras representativas da floresta mediterrânica espanhola mais bem preservada.

 

Dirección General de Politica Forestal
Junta de Extremadura

Junta de Castilla y Mancha Logo
Logo Consejeria de medio rural y cohesion territorial gobierno del principado de asturias
Junta de Castilla y Leon Direccion General de Patrimonio Natural y Politica Forestal

Dirección General de Medio Natural
y Biodiversidad
Junta de Castilla y Mancha

A Dirección General de Medio Natural y Biodiversidad faz parte do Ministério do Desenvolvimento Sustentável da Junta de Comunidades de Castilla-La Mancha, e é o departamento responsável pela gestão do ambiente natural. Segueuma política regional de proteção de áreas e espécies naturais, participando na prevenção e controlo de incêndios florestais, caça e pesca, e gestão florestal sustentável.

Gobierno del Principiado de Asturias – Consejeria de Medio Rural y Cohesión Territorial

O Ministério Regional do Ambiente Rural e Coesão Territorial é o órgão máximo do Governo das Astúrias responsável por propor e executar a política governamental nos domínios do ambiente, agricultura, pecuária, pescas e recursos florestais, indústria agroalimentar e desenvolvimento rural. Mais concretamente, a Dirección General de Medio Natural y Planificación Rural está encarregada de propor e executar a política regional de proteção dos espaços naturais e das espécies para apoiar a contribuição ambiental para o desenvolvimento sustentável, de informar e, se for caso disso, de promover e executar as obras e instalações civis a realizar nas reservas naturais, desenvolvendo os princípios e critérios subjacentes à política do Governo em matéria de conservação e utilização sustentável dos recursos cinegéticos e da pesca interior.

 

Dirección General de Patrimonio Natural
y Política Forestal de la
Junta de Castilla y León

A região de Castilla y León em Espanha, é uma das maiores regiões europeias, possuindo  uma extraordinária riqueza de florestas e biodiversidade. As florestas públicas, na sua maioria propriedades de municípios e outras entidades locais, ocupam cerca de 2,5 milhões de hectares ou 50 % da área florestal e de outras terras arborizadas.

Este departamento é responsável pela gestão de cerca de 2 milhões de hectares de florestas pertencentes ao governo regional, entidades locais e proprietários privados que assinaram um contrato de gestão com a administração florestal.

Leva a cabo uma gestão de terrenos multifuncional, incluindo a produção de madeira e outros recursos como resina, cortiça, frutos secos e cogumelos, mas principalmente para benefícios sociais, como a conservação da biodiversidade, uso público, qualidade e quantidade de água e outros serviços ecossistémicos.

Logo Union de Sevicultores del sur de Europa Logo
LOGO NEIKER

Union de Selvicultores del Sur de Europa

A União dos Florestadores do Sul da Europa (USSE) é um Agrupamento Europeu de Interesse Económico (AEIE) que reúne organizações de silvicultores do Sul da Europa. A sua sede está localizada em Zamudio, Vizcaya, no País Basco, possuindo um  escritório em Maison de la Forêt, 6 Parvis des Chartrons, 33075 Bordeaux Cedex. A USSE foi fundada em 1989, numa iniciativa conjunta de organizações de proprietários florestais do País Basco, Galiza, Aquitânia, Castela e Leão e Catalunha. Atualmente, a USSE representa diferentes associações de proprietários florestais de Portugal, Espanha e França. A USSE e a sua rede de membros  possui a vantagem de poder adaptar agestão de florestas complexas e plantações de espécies mistas a um nível geograficamente relevante.

 

Asociacion de Propietarios Forestales de Asturias

NEIKER-TECNALIA

Trata-se de um centro público de investigação agrícola detido a 100% pelo Governo Basco.

NEIKER dedica-se à realização de projetos de investigação e desenvolvimento na agricultura, pecuária, silvicultura, ambiente e recursos naturais. O seu principal objetivo é desenvolver atividades de base e investigação aplicada para adquirir novos conhecimentos destinados a desenvolver novas tecnologias e metodologias que ajudem a melhorar a competitividade e a produtividade dos sectores económicos em que está envolvida.

 

Logo IGN
Logo ICNF
Logo UNAC

Institut National de l’Information Géographique et Forestière

O Instituto Nacional de Informação Geográfica e Florestal (IGN) é uma instituição administrativa pública sob a dupla supervisão dos Ministérios de Ecologia e de Silvicultura. O IGN é o operador público de referência para a informação geográfica e silvícola em França. A missão do instituto é produzir, recolher e divulgar dados geográficos e florestais nacionais essenciais para a implementação de políticas públicas sobre prevenção de riscos, proteção ambiental e planeamento regional.

Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas

O Instituto para a Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) é um Instituto Público de Portugal, integrado no Ministério do Ambiente e Ação Climática. O ICNF é a autoridade nacional para as questões da floresta e da conservação da natureza e da biodiversidade. A missão do Instituto é propor e implementar políticas integradas para a gestão do território natural português, em articulação com entidades públicas e privadas, nos domínios da conservação da natureza, da biodiversidade, e da floresta e das indústrias de base florestal. Assegura ainda a coordenação da prevenção estrutural e gestão dos incêndios florestais. O ICNF é também responsável pela implementação do Inventário Florestal Nacional e pela gestão das áreas florestais públicas e comunitárias.

União da Floresta Mediterrânica

A UNAC é uma organização privada sem fins lucrativos que agrega 6 organizações de produtores florestais de âmbito regional, com uma abrangência territorial desde a Beira Interior ao Baixo Alentejo de Portugal. Os seus objetivos são a promoção e desenvolvimento da floresta mediterrânica e a promoção e defesa dos interesses económicos e sociais das organizações de produtores florestais. A área de intervenção abrange cerca de 2 milhões de hectares, representando os sistemas agro-florestais cerca de 700.000 hectares.

Logo Associacao Natureza Portugal WWF

Associação Natureza Portugal, en asociación con WWF

Trata-se de uma ONG ambiental portuguesa. Criada em 14/11/2017 com o objectivo de  continuar o trabalho desenvolvido em território nacional no âmbito da WWF Mediterrâneo. A  sua missão é a conservação da biodiversidade nacional, dos ecossistemas florestais e da vida selvagem, a proteção da biodiversidade marinha e a promoção da sustentabilidade das pescas, a conservação dos ecossistemas de água doce e dos recursos hídricos que estes proporcionam. A ANP|WWF intervém também sobre o tema das alterações climáticas e a promoção do consumo sustentável.